sexta, 09 de março de 2018 - 12:17h - 14149
Ueap anuncia a abertura do Vestibular 2018
Processo Seletivo oferta 550 vagas para 11 cursos de graduação. Inscrições ocorrem no período de 9 a 25 de março pela internet.
Por: Alecsandra Silva
Foto: Ueap
As vagas do PS são para os cursos presenciais do campus I, em Macapá, que fica na Rua Presidente Vargas, no Centro

O Governo do Amapá lançou nesta sexta-feira, 9, o Processo Seletivo (PS) 2018 da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), que oferta 550 vagas para 11 cursos de graduação. Poderão participar somente os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 ou 2017. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, exclusivamente, pela internet de 9 a 25 de março no site processoseletivo.ap.gov.br.

Para que os candidatos possam calcular a sua nota de corte e saber se alcançaram a pontuação do Enem exigida para a matrícula, a universidade disponibilizou o endereço eletrônico suanota.ueap.edu.br.

As vagas do PS são para os cursos presenciais do campus I, em Macapá, que fica na Rua Presidente Vargas, no centro. Será aplicado o regime de reserva de vagas proporcionais para candidatos egressos da rede pública de ensino e afrodescendentes. Das 550 vagas, 66 serão destinadas aos indígenas e às pessoas com deficiência, previstas em leis estaduais específicas e em consonância com a política de inclusão da Ueap.

Devido às suas particularidades, o curso de música será ofertado em processo seletivo próprio em outro momento, bem como os novos cursos criados este ano, como Engenharia Agronômica e Licenciatura em Matemática, que serão ofertados no campus do município de Amapá, a 312 km da capital. Eles foram aprovados pelo Conselho Superior Universitário (Consu) da Ueap, na segunda-feira, 5.

Essas duas novas graduações fazem parte da nova etapa da Universidade do Estado do Amapá, em 2018, com a interiorização dos cursos, depois de 11 anos de existência da instituição. “A escolha do município de Amapá foi estratégica e baseada num estudo de viabilidade realizado em conjunto com o setor econômico, a pedido do governador Waldez Góes”, justificou o reitor da universidade, Perseu Aparício.

Atualmente, a Região dos Lagos que compreende os municípios de Amapá, Pracuúba, Tartarugalzinho e Calçoene, não possui instituição de ensino superior. "Daí a importância da implantação de um polo da Ueap, para garantir o acesso à população que mora nas referidas cidades, o que corresponde a cerca de 30 mil pessoas", complementou Perseu Aparício.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá