sábado, 09 de fevereiro de 2019 - 00:16h - 398
Museu Sacaca encerra semana cultural com o Show “Cantando Macapá”
Como parte da programação em homenagem aos 261 anos de Macapá. Programação do Gea terá atividades durante o ano todo.
Por: Nathacha Dantas
Foto: Phillippe Gomes/Secom
Vários artistas da Terra se apresentaram no Show Cantando Macapá

Encerrou na sexta-feira, 8, a semana cultural do Museu Sacaca como parte da programação do governo do Estado em homenagem aos 261 anos da cidade. Grupos de dança, exposições de fotografias antigas de Macapá, artesanato, manualidades, Galeria Arteamazon e apresentações infantis foram algumas das atividades do dia.

À noite, o Show “Cantando Macapá” trouxe ao palco os cantores Loren Cavalcante, Nivito Guedes, Osmar Júnior, Brenda Melo, Amadeu Cavalcante e o Grupo Gente de Casa, que abrilhantaram a noite no museu.

O casal Jhonathan Araújo, de 24 anos, e Taís Brandão, de 22, aproveitaram bastante. Ele, que é servidor do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), disse que também está apresentando a cidade à namorada, que é do Pará.

“Depois de uma semana de trabalho, nada melhor do que curtir uma música de qualidade, um prato tipicamente amapaense e na melhor companhia minha namorada”, afirmou.

Raimunda Nonata, de 54 anos, também prestigiou a programação, acompanhada da filha Luane Karine, de 26 anos, e dos sobrinhos, Ana, 10 anos, e Davi, de 3 anos.

“O amapaense deve prestigiar a cultura e os artistas da terra. Eu sou bastante fã do cantor Zé Miguel, já fomos até vizinhos”, revelou Luane.

A mãe dela, Raimunda, trabalha no Iepa há 33 anos, e acompanhou até mesmo o projeto de criação do Museu, ao qual se refere com muita admiração.

“Por conta do trabalho, não participei efetivamente da programação ao longo da semana, mas hoje trouxe a família. Eu amo esse ambiente, faz parte da minha vida”, ressalta.

Outra dupla que se animou e cantou os sucessos regionais foi a nutricionista Kátia Moraes e a mãe dela, Maria Lúcia, de 78 anos.

“Alegria não tem idade, minha mãe gosta muito desse ritmo e eu resolvi proporcionar esse momento a ela, e também estou amando”, afirmou Kátia.

Celebração

O Governo do Estado do Amapá (GEA) mobilizou diversos órgãos da administração pública para promover a programação em homenagem aos 261 anos de Macapá.

Três iniciativas já estão sendo produzidas para as celebrações do ano que vem. A campanha ‘Doe Suas Lembranças’, é uma delas, onde o poder público está coletando fotografias de cenas antigas na cidade, doadas do acervo de famílias amapaenses, o que funciona como um resgate à história.

Outra novidade é a produção do CD “Cantando Macapá”, numa parceria entre o GEA e a Associação de Músicos e Compositores do Amapá (Amcap).

E a produção da primeira série de TV documental que irá retratar a história da Música Popular Amapaense (MPA).

As pesquisas para a produção do roteiro já começaram e este será o primeiro grande produto do Núcleo de Produção Digital Equinócio (NPD).

“Temos programação para o ano todo. Nossa homenagem continua nos espaços de grande concentração de público, com as exposições de fotografias que retratam Macapá, em shopping e supermecados. E as grandes produções artísticas que serão produzidas ao longo desse ano e apresentadas em 2020 e a nossa Fortaleza, que estamos trabalhando para ser reconhecida pelas Nações Unidas (Unesco), como Patrimônio Mundial da Humanidade”, ressaltou o chefe adjunto do Gabinete Civil, Carlos Marques.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Phillippe Gomes/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá