quinta, 09 de janeiro de 2020 - 09:35h - 682
Iniciada última fase da obra que levará água encanada a mais de 5 mil famílias no Jari
Ampliação da rede de distribuição de Laranjal do Jari abrangerá os bairros Samaúma e Malvinas. Obra conta com investimento de R$ 1 milhão do Governo do Amapá.
Por: Camila Ramos
Foto: Maksuel Martins
A previsão é que a obra esteja concluída em até 45 dias

Mais de 1,5 mil metros de tubos chegaram em Laranjal do Jari para conclusão da obra que levará água tratada e encanada a mais de 5 mil famílias nos bairros Samaúma e Malvinas, que por muitos anos têm sido abastecidas por caminhões pipa. O Governo do Amapá investe mais de R$ 1 milhão do tesouro estadual para garantir a conclusão desta obra em até 45 dias.

A expansão da rede de água aumentará a abrangência da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) em aproximadamente 4 km. A primeira fase da obra já instalou mais de 2,3 km de tubulação em direção ao fim da cidade, região à beira do Rio Jari, onde estão localizados os bairros beneficiados.

Líder da Associação de Moradores do bairro Malvinas, Cleiton Azevedo das Chagas, conta que desde que nasceu enfrenta dificuldades com a falta de água potável encanada.

“Tenho 31 anos, nasci neste bairro, e desde que me entendo por gente tenho a lembrança de levar lata d’água na cabeça para minha família”, explica. “Esta água que está chegando com a ampliação da rede da Caesa é uma maravilha para todos nós que sofremos tanto e teremos agora mais dignidade”, afirma a liderança comunitária.

Para o diretor presidente da Caesa, Valdinei Amanajás, cada família alcançada pela obra será beneficiada não só com água, mas com saúde e qualidade de vida. Ele salienta, também, outros investimentos na cidade de Laranjal do Jari.

“Nosso objetivo é que ainda este ano possamos dobrar o alcance da nossa rede de água com, além da ampliação da rede, a construção de dois poços tubulares”, informa Valdinei.

Mais investimentos

Um dos poços tubulares -  já em execução - recebeu o investimento de R$ 1,3 milhões do tesouro estadual, e terá profundidade de 12 x 250 metros. A estimativa é que depois de inaugurado o acesso à água tratada contemple 80% dos moradores da cidade – atualmente só 40% dos laranjalenses recebem água encanada.

O segundo poço será construído entre o bairro Sarney e Maria de Nazaré Mineiro, e encontra-se em fase de estudos técnicos pela Caesa.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Ascom/Caesa

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá