sexta, 08 de novembro de 2019 - 05:41h - 1199
Saúde e cidadania: Governo leva mais de 600 atendimentos para moradores da Fazendinha
Foram ofertados serviços de saúde, expedição de documentos, oficinas de artesanato e orientações sobre empreendedorismo.
Por: Claudia Cavalcanti
Foto: André Rodrigues
Houve entrega de equipamentos de locomoção para pacientes cadastrados no Programa de Concessão de Órtese, Prótese e Meios Auxiliares de Locomoção

Mais de 700 pessoas receberam atendimentos durante a 2ª edição do projeto ‘Juntos pela Comunidade’ que aconteceu na tarde desta quinta-feira, 7, na Escola Estadual Professora Jacinta Maria Rodrigues de Carvalho Gonçalves, no bairro Vale Verde, no distrito de Fazendinha.

A ação ofertou serviços gratuitos nas áreas de saúde, cidadania, empreendedorismo, cultura e lazer.

Entre os serviços mais procurados estava o stand do Super Fácil com a emissão de documentos como carteira de identidade, CPF e cartão do SUS, além disso, foram dadas orientações sobre os benefícios concedidos pelo INSS.

O coordenador dos projetos especiais do Super Fácil, Ivo Costa, ainda ressaltou que para os empreendedores, foi disponibilizado o ônibus de atendimento itinerantes para aqueles que desejavam formalizar seus negócios.

“Identificamos os principais atendimentos que a população precisava e trouxemos esse serviço até eles sempre buscando o melhor atendimento possível. Vimos muitas crianças que ainda não tinham a sua carteira de identidade, isso é gratificante para nós, levar esse serviços de forma gratuita para a população”, complementou.

A pescadora Deiz Sales, 35 anos, aproveitou para levar os filhos Samuel e Suellen, de 10 e 6 anos, para tirar a primeira via da carteira de identidade dos pequenos e fazer a troca da sua, o que já estava adiando há alguns meses.

“As crianças estudam então teriam que perder um dia de aula para que nós resolvêssemos isso. Minha filha estava precisando tirar a carteira de identidade para fazer a chamada escolar e hoje em dia precisamos dos documentos para tudo, aqui foi tudo muito rápido”, comemorou.

Na área da saúde o Centro de Reabilitação do Amapá (Creap) ofereceu atendimentos com ortopedista, fisioterapeuta, assistência social, psicologia, enfermagem, testes rápidos e entrega de equipamentos de locomoção para pacientes cadastrados no Programa de Concessão de Órtese, Prótese e Meios Auxiliares de Locomoção (OPMAL).

Para o vendedor de açaí, César dos Santos, 56 anos, que mora próximo a escola, o projeto é importante já que facilita que as pessoas da comunidade que não tem transporte, possam receber os serviços.

“Fui atendido pelo ortopedista, minha coluna já é comprometida e durante uma reforma em casa acabei forçando. Gostei muito do atendimento, foi maravilhoso, estão todos de parabéns”, elogiou.

Pra os interessados em artesanato, foram ofertadas oficinas de confecção de guirlandas natalinas e garrafas decoradas, orientação e cadastro de artesão e trabalhador manual para emissão da Carteira Nacional e Estadual de Artesão.

Além do Sistema Super Fácil e Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), o projeto ‘Juntos pela Comunidade’ conta com o apoio da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e Prefeitura Municipal de Macapá (PMM).

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

André Rodrigues

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá