quinta, 08 de agosto de 2019 - 14:59h - 3517
Rede atacadista investe R$ 54 milhões na instalação de empreendimento no Amapá
Empreendimento está sendo construído próximo ao Monumento Marco Zero e deve gerar 500 empregos diretos e indiretos.
Por: Gabriel Dias
Foto: Maksuel Martins/Secom
Governador Waldez Góes recebeu a diretora tributária da Assaí Atacadista, Carla Hamada, no Palácio do Setentrião, juntamente com os demais membros da rede

Com 149 unidades em 18 estados e no Distrito Federal, o Assaí Atacadista deverá abrir uma unidade no Estado do Amapá. O projeto do novo empreendimento foi apresentado nesta quinta-feira, 8, ao governador do Amapá, Waldez Góes, no Palácio do Setentrião, em Macapá.

Com um investimento de R$ 54 milhões, o novo empreendimento prevê a geração de 500 vagas de empregos diretos e indiretos no Amapá. A unidade está sendo construída na esquina do Monumento Marco Zero do Equador, na Rodovia JK, zona sul da capital.

“Já estamos em processo de seleção para o preenchimento de 250 vagas de empregos diretos e também temos a previsão de mais 250 vagas de empregos indiretos. Tirando o gerente e o subgerente, 99% das vagas serão preenchidas com mão de obra local”, garantiu a diretora tributária da Assaí Atacadista, Carla Hamada. Além disso, a construção do novo empreendimento já garantiu 400 vagas de empregos temporários na área de construção civil.

O governador Waldez Góes colocou o Estado à disposição do empreendimento para que receba os mesmos incentivos fiscais concedidos aos demais grupos deste segmento, para que atue de forma competitiva. “Com certeza a empresa deve ter feito um estudo de mercado e visto as potencialidades de investimento no Amapá. É mais geração de emprego e renda e mais desenvolvimento”, avaliou.

Durante o encontro no Palácio do Setentrião, Waldez pediu ao grupo que priorize a compra de produtos com fornecedores locais. E mencionou o Selo Amapá, certificação concedida pelo governo, que agrega valor aos produtos de origem amapaense nos mercados nacional e internacional. “Hoje nós temos 84 empresas certificadas com o Selo Amapá, e existe até a possibilidade do Estado, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, intermediar essa relação”, informou o governador.

Demanda de mercado

Administrado pelo Grupo Pão de Açúcar (GPA), a rede opera com o formato Cash&Carry, conhecido como atacado de autosserviço, e está em plena expansão no Brasil. A empresa tem como público-alvo consumidores e microempreendedores que buscam a compra de produtos em grandes quantidades e a preços menores para revenda.

O diretor comercial da empresa, Luíz Carlos Araújo, elogiou o fato de que, em menos de um ano e meio, o grupo conseguiu avançar nas questões burocráticas necessárias para a instalação do empreendimento no Amapá. 

“Foi um processo bastante rápido e, se tudo correr dentro do esperado, já temos a previsão de inauguração no final de outubro ou início de novembro”, anunciou Araújo.

O Assaí Atacadista possui 149 unidades em 18 estados e no Distrito Federal. Em 2018, a bandeira inaugurou 18 novas unidades no Brasil e fechou o ano com vendas brutas de R$ 24,9 bilhões - uma expansão de 24,2% em relação ao ano anterior.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

José baia/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá