quinta, 08 de março de 2018 - 18:46h - 4659
HE institui portaria para combater assédio sexual e moral contra as mulheres
Iniciativa vai funcionar como um canal de denúncias, promover políticas de prevenção e combate ao assédio moral e sexual dentro do Hospital de Emergência.
Por: Poliana Tavares
Portaria cria uma comissão para aeveriguar denúncias e levar os casos à direção do Hospital de Emergência

Para reforçar a atuação no combate a todas as formas de assédio contra as profissionais e usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), o Hospital de Emergência (HE) lançou nesta quinta-feira, 8, a portaria interna nº 018/2018, que tem como objetivo funcionar como um canal de denúncias, promover políticas de prevenção e combate ao assédio moral e sexual à mulher dentro do âmbito do hospital.

De acordo com o diretor do HE, Waldir Bittencourt, 80% do quadro de servidores do hospital é composto por mulheres e a maior demanda de pacientes é do sexo masculino. Com isso, elas tornam-se mais expostas a sofrerem algum tipo de assédio. "Esta iniciativa vem para garantir que a profissional se sinta segura no seu ambiente de trabalho e que quando for exposta a este tipo de ação receba o amparo e o direcionamento adequado", justificou o diretor.

A portaria também é para as usuárias da unidade, que por ventura sofrerem algum tipo de assédio, por parte de profissionais, pacientes ou acompanhantes. "É muito importante que oficializem a denúncia junto à direção, e nós daremos o suporte necessário, pois só assim será possível proteger e denunciar casos de assédio moral e sexual", ponderou Bittencourt.

Por meio da portaria, será criada uma comissão que terá o poder de averiguação in loco de denúncias de pacientes e servidoras, com a emissão de parecer e encaminhamento para a direção, que tomará providências legais. Além disso, irá implementar campanhas para combater os casos de assédio no Hospital de Emergência.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá