sexta, 07 de dezembro de 2018 - 16:40h - 610
1º Encontec: Caesa apresenta investimentos para universalizar fornecimento de água
Entre os investimentos apresentados estão obras de ampliação do abastecimento de água em Macapá e os projetos para 2019-2020.
Por: Cassio Albuquerque
Foto: Ascom/TCE-AP
Explanação foi feita pelo diretor-técnico da Caesa, João Paulo Monteiro, no Museu Sacaca

Os investimentos em saneamento básico no Amapá, em meio ao cenário de crise nacional, foram apresentados no 1º Encontro Técnico no Meio do Mundo (Encontec), evento do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AP), realizado em parceria com órgãos públicos e privados, no Museu Sacaca, em Macapá, com o tema “Meio Ambiente e Saneamento”.

O diretor-técnico da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), João Paulo Monteiro, destacou as principais obras entregues e os projetos a serem executados pelo governo para os anos de 2019-2020.

Ao ministrar a palestra “Universalização do abastecimento e qualidade da água na área urbana dos municípios: perspectivas e investimentos”, Monteiro informou que o cenário local teve uma evolução em relação aos anos anteriores. E citou, especialmente, a partir da entrega das obras de ampliação do sistema de abastecimento de água da capital, a exemplo do módulo III, da Estação de Tratamento de Água de Macapá (Etam) e do Centro de Reservação Felicidade, localizado na zona norte.

“Estes dois sistemas possibilitaram a melhoria no tratamento e distribuição de água, principalmente na zona norte. Foi um esforço da atual gestão com o apoio da Justiça em garantir o recurso na ordem de R$ 19 milhões para estas obras”, explicitou o diretor-técnico da Caesa, no 1º Encontec.

No interior do estado, João Paulo Monteiro destacou a parceria da Caesa com as prefeituras na elaboração de projetos voltados para a melhoria do serviço nos municípios e a entrega de sistemas isolados, como no município de Itaubal do Piririm e comunidades rurais, a exemplo de São Raimundo do Pacuí.

Em Santana, segundo maior município do estado, foi entregue um novo sistema à comunidade do bairro Elesbão. Ainda no primeiro semestre de 2019, será concluída a obra do sistema para atender à comunidade do Ambrósio.

Projetos 2019-2020

Em relação aos projetos de universalização do fornecimento de água, em especial na capital amapaense, que concentra a maior demanda de usuários, o diretor-técnico mencionou o projeto aprovado no governo federal no valor R$ 190 milhões. Desse valor, a Caesa já possui R$ 130 milhões aprovados na Caixa Econômica Federal. Esse projeto consiste na expansão da rede de distribuição para áreas da zona oeste de Macapá, abrangendo bairros como Marabaixo e Goiabal, e na zona norte em áreas não atendidas, como o bairro Amazonas. 

“A expectativa é aumentar a cobertura do sistema de água em 90%. Estávamos trabalhando na elaboração do projeto executivo desta obra, o qual já foi aprovado. E a execução deste empreendimento tem estimativa de ocorrer em até dois anos”, disse o diretor-técnico da Caesa.

Outro projeto citado por Monteiro, no 1º Encontro do Meio do Mundo, é a compra de novas bombas de distribuição e do sistema de captação. Esses equipamentos substituirão os antigos que ainda estão em funcionamento.

“A aquisição de novos equipamentos evitará, por exemplo, problemas relacionados à pane mecânica que afetam o fornecimento de água. Vamos trabalhar, ao longo de 2019, no projeto e buscar a captação de recursos”, frisou João Paulo Monteiro.

1º Encontec

O 1º Encontec está abordando durante dois dias, 6 e 7 de dezembro, propostas para o fortalecimento da governança e políticas públicas de gestão ambiental e saneamento básico no estado. O evento discute os temas com representantes do poder público, pesquisadores e profissionais das áreas de saneamento e meio ambiente, acadêmicos e sociedade civil.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá