quarta, 07 de abril de 2021 - 19:06h - 433
SVS prepara campanha Abril Verde para conscientização sobre segurança no trabalho
Inspeções e orientações acontecerão ao longo do mês para conscientizar empresas e órgãos públicos sobre a importância da segurança no ambiente de trabalho.
Por: Nathanael Zahlouth .Colaboradores: Marcelo Guido
Foto: Ascom/SVS
A programação é executada SVS sob a coordenação do Núcleo de Vigilância em Saúde do Trabalhador (Cerest).

A Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) prepara para o mês de abril uma série de ações voltada à conscientização e inspeção da segurança nos locais de trabalho – a campanha Abril Verde.

A programação é executada SVS sob a coordenação do Núcleo de Vigilância em Saúde do Trabalhador (Cerest), com o objetivo de conscientizar empresas e órgãos públicos sobre a importância da segurança no ambiente de trabalho.

"O Brasil ocupa atualmente o quarto lugar em casos de acidente de trabalho, segundo a Organização Mundial do Trabalho, e a conscientização ainda é o melhor caminho para sairmos dessa colocação preocupante", informou Regiclaudo Silva, gerente do Núcleo de Vigilância em Saúde do Trabalhador (NVST/SVS).

Durante o Abril Verde as inspeções nos ambientes de trabalho serão intensificadas a fim de orientar os trabalhadores e gestores sobre os cuidados a serem tomados no dia a dia.

"É importante dizer que o assunto da segurança do trabalho não fica restrito apenas ao Abril Verde, mas este mês é um momento propício para colocar em foco o assunto, para que realmente sejam pautas importantes no ano todo", completou Dorinaldo Malafaia, superintendente da SVS.

O dia 28 de abril é data símbolo da campanha, marcada pela reflexão sobre as condições de trabalho em todo mundo – em homenagem dos sindicatos canadenses às 78 vítimas de um acidente ocorrido em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá