terça, 07 de abril de 2020 - 14:10h - 1791
Profissionais que atuam na linha de frente do combate ao COVID-19 passam por teste rápido
Cerca de 100 testes rápidos foram aplicados nos servidores de linha de frente; Instituições como Corpo de Bombeiros e IAPEN, iniciaram a aplicação dos testes.
Por: Marco Antônio P. Costa .Colaboradores: Alessandro Veloso
Foto: Alessandro Veloso
Aplicação de teste rápido em servidor da SVS

O Governo do Amapá está priorizando a testagem rápida para profissionais que atuam na linha frente das ações de enfrentamento e prevenção a pandemia de coronavírus – conforme preconiza a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Nesta segunda-feira, 6, profissionais da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) foram submetidos aos testes rápidos capazes de detectar a presença do novo coronavírus em apenas 15 minutos. Em todos os casos, quase 100 aplicações, o resultado foi negativo.

Também já passaram pelo teste os profissionais da:

  • Polícia Militar (PM);
  • Corpo de Bombeiros (CBM-AP);
  • Hospital da Criança e do Adolescente (HCA);
  • Hospital de Emergências de Macapá (HE);
  • Hospital Estadual de Santana (HES);
  • Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML);
  • Unidade Básica de Saúde Lélio Silva;
  • Unidades de Pronto Atendimento das Zonas Norte e Sul;
  • Hemoap;
  • Laboratório Municipal de Santana;
  • Polícia Técnico Científica (Politec);
  • Instituto de Administração Penitenciária (Iapen);
  • Aeroporto Internacional de Macapá Alberto Alcolumbre.

Os testes são do lote enviado pelo Ministério da Saúde (MS) na última quinta-feira, 2, para a testagem das equipes de saúde, segurança e salvamento, de acordo com protocolo da OMS.

Segundo a chefe de Gabinete da SVS, Celisa Capellari, o risco de transmitir a doença para pacientes e a perda de uma força de trabalho fundamental são as grandes preocupações das autoridades e especialistas.

“Esses profissionais têm sido a chamada linha de frente na luta contra essa doença e prescindir da sua valiosa força de trabalho agora seria lamentável, mesmo que tenhamos que saber que estamos muito mais expostos. Por nossas medidas de segurança, por bem, os resultados foram negativo em todos os casos”, declarou Capellari.

No Corpo de Bombeiros, por exemplo, as equipes preparam-se para intensificar a aplicação dos testes. Os critério definidos foram para os bombeiros que estão afastados com sintomas respiratórios há mais de sete dias, e militares que tiveram contato com casos confirmados.

O Governo do Estado do Amapá (GEA) irá executar a testagem do conjunto das equipes de saúde, segurança e salvamento, e para isso deve anunciar nos próximos dias a compra de novos testes rápidos que possam suprir a necessidade.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá