sábado, 06 de julho de 2019 - 19:52h - 6533
Governo incentiva Festival Junino com cessão de barracas para empreendedores
Foram treze barracas cedidas pela Secretaria de Trabalho e Empreendedorismo para que os vendedores de comidas típicas pudesse comercializar seus produtos
Por: João Clésio
Foto: Ascom/Sete
Vendedores aproveitaram os onze dias do evento para ganhar uma renda extra no Arraiá no Meio do Mundo

Com o objetivo de criar oportunidades de emprego e renda aos empreendedores populares durante o Arraiá no Meio do Mundo, ocorrido de 26 de Junho a 7 de Julho, no Centro Didático Adamor Picanço, no bairro do Beirol, a Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) destinou 13 barracas para abrigar vendedores de comidas típicas.

O evento foi organizado pela Federação das Entidades Folclóricas do Amapá (Fefap). A estrutura de barracas permitiu aos vendedores a comercialização de vatapá, maniçoba, mingau de milho, bolos, rizoto, tacacá, churrasquinho, cachorro quente, bebidas e outros alimentos.

O empreendedor Márcio Castro investiu pouco mais de R$ 3 mil nos onze dias de festival e diz que valeu a pena. “Com a ajuda da minha esposa e filho, a gente conseguiu vender bastante. Deu para pagar as despesas e ainda ter um bom lucro”, disse.

Quem visitou o Arraiá no Meio do Mundo também gostou do ambiente, das comidas e das apresentações das quadrilhas juninas. Foi o caso do casal Marcos Paulo e Daiana Façanha. “Tudo muito bem organizado, as comidas deliciosas e tudo bem organizado com os vendedores em barracas padronizadas”, acrescentou o casal.

Para a secretária do Trabalho e Empreendedorismo, Marcella Chesca, o Governo do Estado tem sido parceiro dos eventos que geram emprego e renda aos empreendedores, sejam de alimentos, artesanato, manualidades etc. “São muitos os pedidos que chegam à Sete para cessão de barracas e tendas, na capital e interior do Estado, e procuramos atender da melhor forma possível. A prioridade são os projetos que incentivem o empreendedorismo”, finalizou.

O Arraiá no Meio do Mundo contou com as disputas de 38 grupos estilizados e de 10 quadrilhas tradicionais. As disputas aconteceram em cinco eliminatórias para as estilizadas e um dia para as tradicionais. Foram avaliados tema, marcador-apresentador, indumentária, danças, entrada e saída, miss caipira, conjunto-harmonia, passos de quadrilha e evolução.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

João Clésio 

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá