quinta, 06 de junho de 2019 - 18:51h - 2108
Governo prepara entrega de caminhões para escoamento de produtos da agricultura familiar
Por meio de convênio federal, os 16 municípios receberão veículos para a modernização de unidades de apoio à distribuição de produtos.
Por: Henrique Borges
Foto: Philippe Gomes/Secom
No momento, os caminhões estão estacionados no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá

O Governo do Estado do Amapá (GEA) está preparando a entrega de 23 caminhões, que após a fase de ajustes, como licenciamento atualizado de 2019 e identificação visual, vão dar apoio para a distribuição de produtos da agricultura familiar. A expectativa é que os veículos estejam prontos até o período em que acontecerá a 2ª ExpoBúfalo e 1ª ExpoLeião, de 26 a 29 de junho, dentro do Circuito TecnoAgro. No momento, os caminhões estão estacionados no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá, onde acontecerá as duas feiras de negócios.

As feiras devem contar com a participação de representantes do Ministério da Cidadania, órgão que disponibilizou os recursos do Convênio n° 790962/2013 para o repasse dos caminhões às prefeituras, na época em que ainda era Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Mas, só a partir de 2016 que o Convênio passou a ser executado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) e pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), depois de intensa articulação política e jurídica dos técnicos do GEA desde 2015.

O Ministério da Cidadania é a pasta responsável pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PPA) que fomenta a agricultura familiar, através da compra direta de alimentos dos agricultores. E os caminhões chegam para ajudar no escoamento dessa produção. No município de Oiapoque, por exemplo, 70% dos produtos distribuídos na central que recebe alimentos oriundos da agricultura familiar é proveniente de comunidades indígenas.

E o Convênio tem como objetivo atender os 16 municípios e os distritos de São Joaquim do Pacuí e Arquipélago do Bailique, em Macapá, por meio do Termo de Cessão de Uso Gratuito, beneficiando 18 centrais de recebimento de produtos da agricultura familiar. Com isso, serão beneficiadas em torno de 800 pessoas entre agricultores e pescadores de comunidades quilombolas, extrativistas e indígenas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural, Daniel Montagner, o Governo do Amapá vem se aproximando mais ainda dos produtores e das comunidades para desenvolver melhores políticas públicas para o setor. "Estamos visitando todos os municípios para manter contato, principalmente com os que atuam no setor primário, para que as informações sejam repassadas para otimizar o levantamento de dados da produção agrícola. Todos os municípios estão sendo convidados a participar juntamente com a SDR para conduzir uma melhor política de desenvolvimento rural ao Estado", afirmou.

PAA

Para este ano, o governo federal já liberou R$ 1,5 milhão para execução do PAA. A expectativa é atender cerca de 500 agricultores e 150 entidades em todos os municípios. De 2015 a 2018, o Programa de Aquisição de Alimentos investiu cerca de R$ 12 milhões no Amapá. No ano passado, os R$ 4 milhões investidos atenderam 1.178 agricultores; 297 entidades sociais e 53.729 pessoas foram beneficiadas com os alimentos. Foram realizadas 167 feiras nos municípios e distritos e comercializadas mais de 925,7 toneladas de alimentos em todo o Estado.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá