domingo, 04 de dezembro de 2016 - 17:09h - 5146
Conjunto Macapaba recebe a primeira edição da Feira Itinerante Solidária
A cada edição do projeto, um bairro será contemplado com a feira
Por: Alice Valena
Foto: Alex Silveira
Programa fomenta o abastecimento e geração de renda desses agricultores
Moradores do Conjunto Habitacional Macapaba tiveram uma manhã diferente neste domingo, 4. Eles foram os primeiros a receber o projeto “Feira Itinerante Solidária”, que reúne produtores do grupo solidário “Juntos Somos Fortes”, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural (SDR).

A primeira edição da feira ocorreu no Centro Comunitário da quadra 4 do conjunto, com vendas de produtos agrícolas com preços acessíveis, fomentando o escoamento. A iniciativa leva, diretamente, esses alimentos às comunidades com mais dificuldade de acesso de compras, aproximando os feirantes da população.

Roberto dos Santos, morador do conjunto e síndico da quadra 4, enfatizou que a feira aconteça de forma permanente, já que a comunidade anseia por isso desde a inauguração.

“Verificamos, hoje, que temos essa necessidade. Nos últimos dias, fizemos a divulgação com carro som em todo o Macapaba e os moradores estão aqui participando e fazendo suas compras”, comentou Roberto dos Santos.

A cada edição do projeto, um bairro será contemplado com a feira, proporcionando a venda de legumes, verduras, frutas, polpas de frutas, tapioca, galinha caipira, além da comercialização de peixes frescos, com incentivo da Agência de Pesca do Amapá (Pescap). 

A SDR, com seus programas que fomentam o abastecimento e geração de renda desses agricultores, não poderia ficar de fora. “Eles apresentaram o projeto e demos o apoio total. Finalizada a feira de hoje, iremos nos reunir para uma avaliação, ver o que deu certo, quais mudanças devem ser tomadas, e a inclusão de novos produtos”, adiantou o secretário da pasta, Helio Dantas.

O gestor disse, também, que é imprescindível saber a opinião dos moradores, já que a feira poderá chegar em outros bairros como o Marabaixo, Zerão, Novo Horizonte e Distrito de Fazendinha. Essas comunidades serão visitadas e mapeadas, a fim de verificar os melhores pontos para a realização da feira.

Essa nova possiblidade de venda tem deixado os produtores animados, segundo Gracinete Araújo, que há dez anos comercializa seus produtos na feira do Buritizal e em supermercados. “Para onde a feira for, estarei lá com meus legumes fresquinhos”, comentou. 

Fator estratégico do projeto que apontou o crescimento populacional constante do município, ocasionando a criação de novos bairros e que estes não possuem as feiras tradicionais. A Feira Itinerante Solidária incentiva além do crescimento dos produtores e a agricultura familiar. 

Além dos agricultores, o local contou também com o espaço do artesão, montado pela Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Sete). Ao todo, 15 artesões do grupo de Economia Solidária, também do grupo Juntos Somos Fortes, comercializaram peças como bonecas de pano, roupas, sandálias e bijuterias feitas de sementes de açaí, além do grupo do projeto Ecoart com vendas de sacolas recicláveis.

A primeira edição da Feira Itinerante teve, também, a parceria da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), através do Núcleo de Segurança Alimentar que auxiliou os produtores na qualidade, higiene e variedade dos produtos, além do Rurap e Polícia Militar.
GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Fotos Alex Silveira

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá