terça, 05 de novembro de 2019 - 18:14h - 772
Centro de práticas integrativas celebra quatro anos de criação com 60 novos pacientes
Ao longo desses quatro anos, mais de 3.200 pessoas já tiveram acesso a alguma das 34 práticas disponibilizadas pelo centro para a população.
Por: Elmano Pantoja
Foto: Elmano Pantoja
Comemoração teve café da manhã, musicoterapia, massoterapia e bolo de aniversário

Com café da manhã, musicoterapia, massoterapia e bolo de aniversário, o Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde do Amapá (Cerpis), do Governo do Amapá, comemorou quatro anos de criação, recebendo 60 novos pacientes para tratamentos à base da medicina natural. A programação aconteceu na manhã desta terça-feira, 5, com a presença do vice-governador Jaime Nunes, e reuniu servidores em confraternização alusiva ao Dia do Servidor Público.

Ao longo desses quatro anos, mais de 3.200 pessoas já tiveram acesso a alguma das 34 práticas integrativas disponibilizadas para a população, como acupuntura clínica, terapia ocupacional, cuidados com a coluna, terapia da dor, fisioterapia integrada e pilates terapêutico, dentre outros.

Com 77 anos, a aposentada Estelita Guedes, que já foi paciente do Cerpis, resolveu voltar para tratar novas dores. Segunda ela, das duas outras vezes em que buscou a medicina natural como medida paliativa, os bons resultados eliminaram parte dos remédios que ela precisava tomar.

"Estou sentindo muitas dores nas articulações dos ombros, então, me inscrevi e fui aceita novamente. Da primeira vez que me tratei aqui, as dores eram nas pernas e eles me ajudaram muito. Todas as duas vezes em que procurei os tratamentos, não vi mais a necessidade de usar boa parte dos medicamentos que o médico me passava, porque não sentia mais as dores. Agora, espero ter esse mesmo resultado", falou a aposentada.

O diretor-geral do Cerpis, Elziwaldo Monteiro, acredita que a alta procura pelos tratamentos deve-se à confiança que as pessoas têm na medicina natural. “Para mim, é muito gratificante estar à frente de uma instituição em que as pessoas procuram pela referência que ela tem. São tratamentos resolutivos às suas dores físicas e mentais, que foram consolidados com o conhecimento científico. Estamos completando quatro anos com orgulho de ter feito o bem para tanta gente", disse.

Para o vice-governador Jaime Nunes, é importante reconhecer o trabalho realizado pela instituição, pela grande eficácia que tem. "Recentemente, sancionamos um projeto de lei de autoria do deputado Alberto Negrão, para que instaure a semana de práticas integrativas e complementares à saúde. É um momento de reconhecer e engrandecer a eficácia desses métodos para a saúde, que foge do tratamento tradicional, acolhe os pacientes e, o mais importante, contribui muito para a saúde dessas pessoas", ressaltou.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá