quarta, 05 de junho de 2019 - 13:24h - 3978
Obras da Escola Barão do Rio Branco chegam a 35% de execução
Parte mais difícil da obra já foi feita; objetivo do governo é preservar o máximo possível a arquitetura original de quando a escola foi inaugurada há 73 anos.
Por: Tony Briam
Foto: Maksuel Martins/Secom
Investimento do governo na obra é de R$ 5 milhões

As obras de restauração e reforma da Escola Estadual Barão do Rio Branco, localizada no Centro de Macapá, chegaram a 35% em cinco meses de execução dos serviços. Para o Governo do Amapá, a conclusão dos trabalhos significa o resgate de parte da história de Macapá, com o esforço de preservar o máximo possível a arquitetura original de quando o prédio foi inaugurado em 1946.

Nesses cinco meses, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) reforçou toda a estrutura dos blocos laterais para receber um novo telhado; foi feita a recomposição de passarelas e arcos. A superfície do piso está sendo regularizada para receber acabamento.

Para que essas etapas fossem executadas, foi preciso limpar toda estrutura e remover o telhado antigo. Além disso, toda a sustentação passou a ser de estrutura metálica, visando a durabilidade dos serviços. O bloco principal está com as paredes prontas para receber a nova pintura e, as redes elétrica e hidráulica estão sendo concluídas.

Além da restauração de alguns ambientes, preservando a arquitetura original do prédio, a obra prevê a construção de uma cozinha e refeitório, urbanização e paisagismo, estacionamento na área interna e restauração do Cine Territorial, que passará a ser um auditório, com a mesma estrutura original. A quadra poliesportiva está reformada esperando o telhado novo. A esquadria será colocada no decorrer desta semana.

O investimento do governo na obra é de R$ 5 milhões e a conclusão está prevista para o fim deste ano. “A parte mais difícil já foi feita que foi tirar a estrutura antiga, reforçar os blocos e colocar a estrutura metálica para dar sustentação na obra. Agora, é só a parte de pintura, reboco, colocação das esquadrias, urbanização e paisagismo, entre outros detalhes que não demandam tanto esforço e demora como a parte inicial”, explicou o secretário de Infraestrutura, Alcir Matos.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá