terça, 05 de junho de 2018 - 12:17h - 6572
Edital para contratação de agentes de endemias será lançado nesta quarta-feira, 6
Organizado pela Superintendência de Vigilância em Saúde, Processo Seletivo Simplificado terá inscrições através de site; Governo do Amapá oferta 349 vagas.
Por: Júlio Miragaia .Colaboradores: Nathan Zahlouth
Foto: Ascom/SVS
Após a seleção, os 349 contratados serão qualificados, ainda no mês de junho, para se tornarem agentes de endemias

O Governo do Amapá lançará nesta quarta-feira, 6, o edital para a contratação temporária de 349 agentes de combate às endemias. O certame é organizado pela Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e se dará por meio de Processo Seletivo Simplificado (PSS). As inscrições serão feitas no site processoseletivo.ap.gov.br.

A publicação do edital e o processo seletivo foram sancionados pelo governador Waldez Góes, na semana passada, depois que a Assembleia Legislativa (Alap) aprovou o projeto de lei, por unanimidade, no último dia 22.

O chefe do Executivo justificou a necessidade da contratação para que o Estado tenha controle sobre as doenças transmitidas por vetores. “O Amapá é zona de risco e o trabalho de controle dessas doenças tem que ser feito de forma eficiente, através desses agentes, os quais a presença é imprescindível nas ruas do Estado”, ponderou o gestor.

Mudança

Diferente do último processo seletivo, os profissionais que forem contratados nesse certame trabalharão não somente em ações de controle do Aedes aegypti, mas também em ações de outras doenças endêmicas, transmitidas por vetores.  “Eles terão responsabilidade de trabalhar o controle da malária, doença de chagas, leishmaniose e outras”, explicou o Superintendente da SVS, Dorinaldo Malafaia.

Critérios

Malafaia disse, ainda, que a seleção dos agentes será feita através de análise curricular que avaliará, entre outros critérios, a experiência profissional dos candidatos na área da saúde. É exigido o ensino médio completo para o cargo. Após a seleção, os 349 contratados serão qualificados, ainda no mês de junho, para se tornarem agentes de endemias. 

Controle a vetores

Os agentes de combate às endemias cumprem um papel fundamental no Plano de Ações Integradas de controle a vetores. Esses profissionais realizam a educação ambiental, a identificação e eliminação de criadouros removíveis e o controle dos criadouros permanentes, além do combate aos surtos epidêmicos.

Nos últimos anos, esse trabalho tem sido determinante para a obtenção de resultados positivos, como no controle das doenças relacionadas ao Aedes aegypti (zika, dengue e chikungunia) e Anopheles (febre amarela).

“Com os novos agentes, a superintendência ajudará as prefeituras a fortalecer a vigilância nos municípios. Esperamos, assim, que os índices sejam melhorados”, complementou Malafaia.

O superintendente da SVS concluiu avaliando que o Estado passa a ter uma força complementar para situações de emergências, como a que ocorreu recentemente, com os efeitos da enchente no município de Laranjal do Jari.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá