sexta, 05 de abril de 2019 - 15:08h - 3001
Novos concursados da Defenap começam atividades nas comarcas dia 15 de abril
Os primeiros 40 defensores efetivados por concurso público estão concluindo o Curso de Formação e, logo após, serão distribuídos nos 16 municípios.
Por: Ailton Leite
Foto: Maksuel Martins/Secom
Os primeiros concursados da história da Defenap fizeram uma visita institucional ao Tjap nesta sexta-feira, 5

Os 40 novos defensores públicos do Amapá estão concluindo o Curso de Formação e, logo após, serão distribuídos para atuarem nas comarcas existentes nos 16 municípios. Eles assumirão seus postos de trabalho a partir do dia 15 de abril. Enquanto concluem a capacitação, os primeiros concursados da história da Defensoria Pública do Amapá (Defenap) fizeram uma visita institucional ao Tribunal de Justiça (Tjap) nesta sexta-feira, 5. Eles foram conhecer a estrutura do Judiciário e os profissionais com quem terão contato agora que irão atuar na defesa dos cidadãos amapaenses, que não têm condições para arcar com custos da advocacia privada.

“Essa visita nos proporciona estreitar os laços entre o Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública. E, com isso, conhecermos a estrutura e os membros do Judiciário para que possamos realizar com eficiência nossos serviços em favor da população amapaense”, destacou o defensor público, José Rodrigues dos Santos Neto, que se será lotado no município de Vitória do Jari, no sul do Amapá.

Já o defensor Jaime Leônidas Miranda Alves, que irá atuar em Calçoene na norte amapaense, considera primordial que haja um diálogo constante e fluído entre os diversos atores do sistema de justiça. “Para atingirmos a finalidade comum a todos que é trazer justiça, é essencial o bom relacionamento entre as partes que atuam no Judiciário”, avaliou.

Os profissionais foram recepcionados pelo presidente do Tjap, desembargador João Guilherme Lages, destacando que o momento é importante pois o defensor público, assim como o advogado particular, é essencial à função da justiça, por ser esse profissional que levará ao juiz à causa do cidadão.

“Estamos dispostos a contribuir no que for possível com o trabalho dos defensores. E com certeza quem vai ganhar com isso será a população que está lá na ponta e precisa desses jovens para judicializar as suas demandas”, enfatizou o presidente do Tjap.

Curso de Formação

O Curso de Formação aos novos concursados da Defenap está sendo ofertado pelo Colégio Nacional de Defensores Gerais (Condege) e pela Associação Nacional de Defensores e Defensoras (Anadep). E é ministrado pela Procuradoria-Geral do Estado do Amapá (PGE), em Macapá.

“Eles receberam informações sobre o trabalho que irão desempenhar nas comarcas da Defensoria para onde forem lotados”, informou o defensor-geral do Estado, Diogo Grunho. Ele disse que a visita ao Tjap foi para familiarizá-los com o funcionamento da estrutura da Justiça estadual.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins/Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá