quarta, 04 de julho de 2018 - 16:25h - 462
Melhorias no Terminal Rodoviário de Macapá vão iniciar no segundo semestre de 2018
Mudanças físicas e organizacionais deverão trazer um ambiente com mais comodidade e conforto para a população.
Por: Gabriel Dias
Foto: Maksuel Martins / Secom
Inicialmente serão investidos R$ 700 mil na infraestrutura e modernização do terminal

Concedido pelo governo do Estado por meio de licitação para a empresa Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (Sinart), o Terminal Rodoviário de Macapá deverá passar por melhorias na estrutura física e organizacional ainda no segundo semestre deste ano.

De acordo com o diretor de Transportes da Secretaria de Estado do Transporte (Setrap), Andrey Rego, inicialmente serão investidos R$ 700 mil na infraestrutura e modernização do terminal, garantindo aos usuários do transporte coletivo intermunicipal um ambiente com mais comodidade e conforto. “Esse será o investimento inicial, mas a previsão é que, no decorrer de dois anos, sejam investidos R$ 2,4 milhões para dar uma nova roupagem ao terminal”, frisou o diretor.

O local deverá passar por uma reforma geral na estrutura, modernização e adequação dos espaços, para poder funcionar em boas condições e oferecer serviços de qualidade à população. Entre as primeiras mudanças previstas pela empresa estão a troca do telhado, fechamento frontal do prédio do terminal, para evitar a permanência de transporte clandestino no local, a organização do setor de embarque e desembarque e a padronização do estacionamento para táxi e mototáxi.

Além disso, passará a ocorrer cobrança de estacionamento, taxa de embarque e aluguel por metro quadrado de cada boxe na área interna. Isso dará sustentabilidade para que a empresa possa cumprir com todas as manutenções. “O terminal não trazia nenhum benefício financeiro para o Estado, que, agora, passa a ser um órgão fiscalizador da empresa, garantindo o recolhimento de 2,5% de tudo o que for arrecadado”, frisou Rego.

Empreendedores

A mudanças incluem também a organização dos empreendedores. Existem 32 boxes originais e mais de 60 construídos de forma improvisada e sem planejamento, ao longo dos 19 anos de existência da estrutura. “Alguns desses empreendedores permissionários estão muito contentes com a essa nova forma de gestão, pois, ao pagar o aluguel, eles terão a segurança de que o espaço pertence a eles, o que não existia antes”, ressaltou o diretor.

Mão de obra

Uma das exigências do governo é que, com exceção da parte especializada, os demais funcionários do terminal sejam absorvidos do Amapá, gerando emprego e renda para o Estado. Deverão ser abertas vagas tanto na realização das obras, quanto no funcionamento do terminal.

Empresa

A Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário e Turístico Ltda. (Sinart) tem sede administrativa em Salvador, na Bahia, e administra 47 terminais rodoviários em dez Estados, destes, 9 em capitais.

Há 15 anos, é responsável pela administração de terminais rodoviários no Pará, com destaque para o de Belém e outros 17 municípios como Marabá, Castanhal, Parauapebas e Santarém. Na região Nordeste, atua na Bahia, Alagoas e Piauí. Na região Centro-oeste, está presente em Goiás e Mato Grosso. Em São Paulo, é responsável pela administração do terminal rodoviário de São Bernardo do Campo.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá