terça, 03 de dezembro de 2019 - 14:06h - 1692
Farmacêutica do Cerpis é destaque por projeto fitoterápico de plantas regionais
Juliane Esbizero recebeu Comenda do Mérito Farmacêutico, do Conselho de Farmácia, sábado, 30.
Por: Elmano Pantoja
Foto: Arquivo CRF

Por unanimidade de votos a farmacêutica Juliane Esbizero foi escolhida a profissional do ano pelo Conselho Regional de Farmácia do Amapá (CRF/AP), recebendo a Comenda do Mérito Farmacêutico, referente ao ano de 2018. O reconhecimento foi dado em virtude do Projeto de Implantação de Plantas Medicinais e Fitoterápicos no Sistema Único de Saúde (SUS) do Amapá, através do Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cerpis).

A cerimônia aconteceu na noite de sábado, 30, com o reconhecimento de mais cinco farmacêuticas que atuam em segmentos diferentes.

"É muito gratificante receber uma homenagem como esta. Eu vejo esse projeto como um grande potencial para alavancar ainda mais a procura da população por métodos baseados na medicina natural para o tratamento de uma série de situações", frisou Juliane Esbizero.

O projeto que levou ao reconhecimento foi contemplado em 2016, pelo Ministério da Saúde, para ampliar as opções terapêuticas na recuperação e manutenção da saúde dos amapaenses. A oferta de fitoterápicos na rede SUS do Amapá foi estabelecida em Termo de Cooperação Técnica e Científica firmado em março deste ano entre a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), o Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (Iepa) e a Universidade Federal do Amapá (Unifap).

Atualmente o projeto está em fase de capacitação e envolve médicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e odontólogos. O trabalho está sendo elaborado desde 2017, visando permitir que os profissionais prescrevam os métodos complementares para casos de inflamação, infecção e dor.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá