domingo, 03 de fevereiro de 2019 - 09:10h - 968
Centro Walkíria Lima celebra cultura brasileira em recital de música
Evento faz parte da programação organizada pelo governo do Estado em homenagem aos 261 anos de Macapá.
Por: Andreza Teixeira
Foto: Marcelo Loureiro / Secom
Recital foi organizado por professores e alunos do Walkíria Lima e trouxe apresentações de canto lírico e duo de violão

Em homenagem ao aniversário de Macapá - celebrado em 4 de fevereiro -, o Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima realizou neste sábado, 2, seu primeiro recital de música do ano. O evento foi realizado por professores e alunos da própria instituição e trouxe apresentações de canto lírico, duo de violão, Bing Band (grande grupo instrumental) e do Grupo Encore (Música Popular Brasileira).

Quem participou do recital pôde assistir a composições brasileiras de artistas consagrados como Alberto Nepomuceno, Waldir Azevedo, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Zé Renato, entre outros. O evento representa parte dos cursos técnicos oferecidos no centro de música, que, ao longo de 67 anos, vem formando alunos na prática musical.

Aos 21 anos, o estudante Felipe Sena é formado em violão erudito e cursa licenciatura em música na Universidade do Estado do Amapá (Ueap). Durante o recital, ele integrou o duo de violão com o gênero chorinho. "Acredito que um recital como esse traz a possibilidade de popularizar a música erudita que ainda não é tão conhecida pela nossa população", registrou o jovem.

Também estudante de música da Ueap, a cantora Letícia Sfair, 22 anos, interpretou sucessos da MPB junto à Big Band. "Aguardamos esse momento com muita ansiedade porque temos alunos talentosos e que são valorizados pela instituição", frisou a jovem que cursa piano erudito no Walkíria Lima há seis anos.

O estudante David Nonato, 22 anos, acompanhou toda a programação. Para ele o evento é uma forma de reconhecer o talento dos estudantes. "É a primeira vez que assisto a um recital de música e só posso dizer que é algo lindo de se ver", comentou o jovem.

A diretora da instituição, Maria do Socorro Loureiro, ressaltou que a apresentação faz parte da programação organizada pelo governo estadual em homenagem ao aniversário de 261 anos de Macapá. "Nesses quase três séculos de existência, nossa cidade produz cultura de qualidade inegável e o Walkíria Lima é um grande exemplo dessa riqueza cultural", ressaltou a diretora.

História

O Centro Educacional Profissional de Música Walkíria Lima está localizado na Rua Eliezer Levy, 063, bairro Central. Inicialmente foi chamado de Conservatório Amapaense de Música (CAM), criado no dia 25 de janeiro de 1952. No início, contava apenas com três professores que ensinavam canto lírico, violino, piano e teoria da música. A escola atendia a 33 alunos.

Posteriormente, em 1983, o Conservatório Amapaense de Música passa a se chamar Escola de Música Walkíria Lima, novos cursos são implantados e é inaugurado o auditório Mestre Oscar Santos.

Já em 2007, a Escola de Música Walkíria Lima passou se chamar Centro Educacional Profissional de Música Walkíria Lima, com objetivo de proporcionar qualificações técnicas musicais.

Em 2018, foi entregue o atual prédio do Centro, todo reconstruído e modernizado. O novo ambiente tem acessibilidade arquitetônica, dispõe de estacionamento coberto, elevador, urbanização, auditório, salas administrativas, 44 salas de aula para estudos teóricos, coletivos e de prática individualizada, projetadas conforme as especificidades necessárias ao ensino de cada instrumento.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Marcelo Loureiro / Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá