quinta, 01 de abril de 2021 - 13:25h - 1419
No Amapá, Sejusp define estratégia para vacinação dos profissionais das forças de segurança e salvamento
Previsto para chegar ao Amapá nesta sexta-feira, 2, mais 18.250 doses de vacinas. Deste montante, os profissionais terão uma cota reservada.
Por: Nathanael Zahlouth .Colaboradores: Marco Antônio P. Costa
Foto: Ascom/SVS
Reunião com as forças de segurança e salvamento.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sejusp) reuniu nesta quinta-feira, 1, com os representantes das forças de segurança e salvamento do Amapá para definir estratégias da vacinação desses profissionais, que deve começar na semana que vem. O Ministério da Saúde acatou a solicitação dos 27 governadores brasileiros e priorizou o envio de remessas de vacinas destinadas especificamente para esses trabalhadores expostos nas ações da linha de frente do combate à pandemia.

“Precisávamos definir critérios internos para atender diretamente aqueles profissionais que estão na linha de frente, mas como não vamos atender a todos de uma vez só, então definimos que será primeiramente por idade”, explicou o secretário adjunto de Justiça e Segurança Pública do Amapá, coronel Mont´Alverne.

Participaram da reunião os comandantes do Corpo de Bombeiros, coronel Wagner Pereira; Polícia Militar, coronel Paulo Matias; delegado Geral de Polícia, Antônio Uberlândio; diretor do Iapen, Lucivaldo Costa; superintendente da Polícia Rodoviária Federal no Amapá, Aldo Machado; e superintendente de Vigilância em Saúde, Dorinaldo Malafaia.

Está previsto para chegar ao Amapá nesta sexta-feira, 2, mais 18.250 doses de vacinas, sendo 16 mil CoronaVac e 2.250 AstraZeneca. Deste montante, os profissionais de segurança e salvamento terão uma cota reservada.

“Os profissionais de segurança e salvamento são cruciais no combate à pandemia, têm cumprido um papel fundamental de fiscalização e cumprimento das medidas de proteção à vida, além de garantir a segurança de transporte de vacinas e da rotina de combate ao vírus. Por isso a vacinação deste grupo é importante e será realizada como prioridade neste próximo lote que receberemos”, comentou Dorinaldo Malafaia.

 

A Nota Técnica 001/2021 SEJUSP definiu como prioridade:

1 - Servidores que atuem nas atividades operacionais, em ordem decrescente de idade;

2 - Servidores que atuem na área administrativa diretamente no atendimento ao público, em ordem decrescente de idade;

3 - servidores que atuem na área administrativa diretamente no atendimento ao público interno e;

4 - servidores que executem integralmente atividades em regime de trabalho remoto, em ordem decrescente de idade.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá