quinta, 14 de março de 2019 - 11:39h - 269
Batalhão Ambiental apreende 730 kg de pescados proibidos
Apreensões ocorreram em dois portos do município de Santana; proprietários dos produtos não foram localizados durante o flagrante.
Por: Ailton Leite
Foto: Batalhão Ambiental
Junto com as mantas de pirarucu estava uma preguiça abatida

Uma fiscalização realizada durante a madrugada desta quinta-feira, 14, pelo Batalhão Ambiental da Polícia Militar, resultou na apreensão de 730 kg de pescados proibidos, sendo 650 kg de espécies protegias pelo período de defeso e 80 kg de pirarucu. Os pescados foram apreendidos em dois portos do município de Santana.

De acordo com o tenente Adauto Matos, da Divisão de Relações Públicas e Imprensa do Batalhão Ambiental, 650 kg de pescados das espécies mapará e tamuatá foram apreendidas em sete cubas de isopor que estavam em uma embarcação ancorada no Porto do Grego. O proprietário do produto não foi localizado.

A segunda apreensão aconteceu no porto da Souzamar, quando os militares localizaram em uma cuba de isopor, uma preguiça abatida e 80 kg de mantas de pirarucu, abaixo do tamanho permitido para comercialização, que é de 1,20m.

“O pirarucu não entra no defeso, porém existe uma restrição que proíbe a comercialização da manta, que é o filé da lateral que vai da parte de baixo da cabeça até o rabo. Ele não pode ser pescado com o tamanho abaixo de um metro e meio com a cabeça ou um metro e vinte sem a cabeça”, explicou o tenente Adauto Matos. O proprietário do produto também não foi localizado.

Os peixes apreendidos foram encaminhados para a sede do Batalhão Ambiental e deverão passar por inspeção da Vigilância Sanitária, para que sejam doados a entidades filantrópicas cadastradas na instituição. A preguiça abatida será doada para consumo animal.

Apreensões

O período de defeso termina nesta sexta-feira, 15, e desde que iniciou, em 15 de novembro, o Batalhão Ambiental realizou inúmeras fiscalizações que resultaram na apreensão de mais de cinco toneladas de pescado, a maioria encontrada em portos de Santana. As ações resultaram, ainda, na apreensão de mais de uma tonelada de carne de animais silvestres abatidas.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Batalhão Ambiental

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá