segunda, 09 de setembro de 2019 - 13:38h - 488
‘Oportunidade de expandir os negócios’, diz empresária sobre incentivo à exportação
Lançado nesta segunda, 9, Programa de Qualificação para Exportação vai incentivar empresas amapaenses a entrarem no comércio internacional.
Por: Anne Santos
Foto: Marcelo Loureiro / Secom
Empresária quer levar para outros países produto amapaense feito com a matéria-prima local

Incentivar pequenas e médias empresas amapaenses a entrarem no mercado internacional é o objetivo do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex), lançado nesta segunda-feira, 9, no auditório do Museu Sacaca, em Macapá. A meta é qualificar 50 empresas em 24 meses.

Desde maio, as empresas passam por seleção. Até o momento, 11 foram aprovadas e 16 estão em processo de análise. Marivone Pastana, da Aroma Tucuju, marca de cosméticos produzidos com matéria-prima da floresta, identificou no programa a oportunidade de entrar no mercado internacional. Ela foi uma das selecionadas.

“É uma oportunidade de expandir os negócios, levando para outros países um produto amapaense feito com a matéria-prima da nossa terra”, disse a empresária.

O projeto é coordenado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap), vinculada à Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (Apex-Brasil).

“É um programa com metodologia avaliada e testada, e que vamos aplicar no Amapá para auxiliar no processo para exportação, entendendo as dificuldades das empresas, avaliando o potencial e encorajando-as para que avancem no processo de exportação”, reforçou o secretário de Estado da Ciência e Tecnologia, Rafael Pontes.

As empresas receberão acompanhamento e auxílio individual, melhorias técnico-gerenciais e tecnológicas para melhorar o desempenho no mercado internacional, treinamentos coletivos e participarão de eventos e incentivos para interação e cooperação entre empresas e instituições de apoio no Comitê Consultivo do Núcleo Operacional Peiex no Amapá.

“É um incentivo para as pequenas e médias empresas, pois elas têm potencial para exportar, e isso fortalece o ambiente inovador e exportador do estado”, afirmou o vice-governador, Jaime Nunes.  

Compartilha da mesma afirmação, o diretor de Gestão Corporativa da Apex-Brasil, Edevaldo Teixeira, que também acredita no potencial exportador dessas empresas. “Vamos mostrar que é possível exportar. Cumprindo esse projeto de dois anos, a empresa estará pronta para o mercado internacional, gerando mais renda para as empresas e retorno financeiro para o Amapá”, disse.

O atendimento varia de acordo com a modalidade de trabalho e não gera contrapartida financeira, a empresa deverá arcar apenas com os custos referentes a implementação das ferramentas e mudanças sugeridas pela equipe.  

Apex-Brasil

Apex-Brasil é a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, um serviço social autônomo como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social do Comércio (Sesc) e outros. A Apex-Brasil atua para promover a exportação de produtos e serviços brasileiros e atrair investimentos externos para o Brasil.

Os interessados podem procurar o Núcleo do PEIEX em Macapá, localizado na Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá no Centro de Incubações de empresas – Bloco 1, Sala C, Ramal da Unifap, Km 02 da Rodovia JK, bairro Marco Zero, no horário das 8h às 12h ou através do e-mail monitor.macapa@apexbrasil.com.br e telefone (96) 98114-6992.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Marcelo Loureiro

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá