sábado, 09 de fevereiro de 2019 - 14:28h - 847
Em operação repressiva, Procon autua agências bancárias em Santana
Os fiscais de consumo constataram que alguns usuários estavam esperando mais de uma hora para serem atendidos.
Por: Andressa Serique
Foto: Divulgação/Procon/AP
Fiscalização ocorreu no município de Santana

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AP), nos dias 7 e 8 de fevereiro, realizou uma fiscalização repressiva nas agências bancárias do município de Santana, a 17 km de Macapá, para fiscalizar a prestação de serviço ao consumidor.

Mesmo que a lei n. 1795/10 da Prefeitura de Macapá não vigore no município de Santana, de acordo com o Código de defesa do Consumidor (CDC), as agências bancárias e permissionárias tem obrigação de prestar um serviço eficiente e de qualidade ao consumidor.

No total, quatro agências bancárias foram fiscalizadas em dois dias de operação, o que resultou em dois autos de infração.

Agencias do Banco Bradesco e da Caixa Econômica Federal foram autuadas por não dispor exemplares do CDC e fazerem os usuários do banco esperar mais de uma hora para serem atendidos.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá