quinta, 07 de março de 2019 - 15:53h - 1862
Barreiras vão aumentar segurança e melhorar fluxo de veículos na Rodovia Duca Serra
Implantação das barreiras faz parte do projeto de duplicação da Rodovia Duca Serra, executado pelo governo do Estado.
Por: Gabriel Dias
Foto: Maksuel Martins/Secom
Barreiras são feitas com blocos de concreto pré-moldado de alto desempenho, que, interligados, formam uma parede de proteção

O Governo do Amapá prossegue com a instalação das barreiras de segurança - denominadas barreiras New Jersey - nas vias duplicadas da Rodovia Duca Serra (AP-020). As muretas de concreto servem para aumentar a segurança e organizar o trânsito na rodovia que liga os municípios de Macapá, Santana e Mazagão.

De acordo com o diretor de trânsito da Secretaria de Estado de Transporte (Setrap), Andrey Rego, a instalação vai dar mais segurança e canalizar o fluxo de veículos na rodovia. “As barreiras buscam evitar que os condutores façam manobras de retorno no meio da pista”, frisou o diretor.

As New Jersey são feitas por blocos de concreto pré-moldado de alto desempenho que, interligados, formam uma espécie de parede de proteção. Quando ocorre um acidente, o sistema é capaz de absorver o impacto e redirecionar o veículo na trajetória inicial, devido principalmente, à base inclinada e flexibilidade da estrutura.

O diretor explicou que serão implantados três retornos para veículos, sendo um no Goiabal, um no Marabaixo e outro no Cabralzinho, todos na zona oeste da capital. “Além disso, há a possibilidade de implantarmos mais dois retornos, um na área da Embrapa, também no Cabralzinho, e outro próximo às instituições de ensino superior que existem naquela região”, esclareceu.

Duplicação

O projeto de duplicação de 17 quilômetros da Rodovia Duca Serra começou em frente ao 34º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), no bairro Alvorada, em Macapá, e se estende até as proximidades do 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM) no município de Santana. Todo o trabalho é executado por administração direta da Setrap.

O diretor informou que a obra deverá ser concluída ainda em 2019. O projeto inclui a construção da nova ponte sobre a Lagoa dos Índios, que precisa estar de acordo com a nova extensão da pista evitando, assim, o afunilamento do trânsito. “A previsão de conclusão da duplicação da rodovia é para dezembro, incluindo a ponte, as barreiras e todos os retornos”, ressaltou Rego.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:

Maksuel Martins / Secom

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá