quarta, 01 de janeiro de 2020 - 12:00h - 4769
É menina! Primeiro bebê amapaense de 2020 nasceu a meia-noite
Débora Eloá veio ao mundo às 00h33 por parto normal, no Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML).
Por: Elmano Pantoja
Foto: Elmano Pantoja

As contrações que alarmavam a vinda da pequena Débora Eloá começaram a ser sentidas no início da noite de terça-feira, 31, último dia de 2019. A mãe dela, Bruna Laíz Mesquita, 24, se preparava para a virada de ano em Macapá, afinal, o nascimento estava previsto somente para o dia 12 de janeiro.

No entanto, o destino quis que a festa da família acontecesse no Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML). Exatamente a meia-noite, Bruna deu entrada na unidade com contrações fortes. Ela estava acompanhada do marido e de alguns parentes.

Poucos minutos após a virada de ano, o som que ganhou os corredores da maternidade não foi de fogos de artifício, mas sim do primeiro choro da pequena Débora. Era 00h33 desta quarta-feira, 1º. Fora do hospital, a população comemorava o novo ano. Lá dentro, a família comemorava uma nova vida.

“Sempre acreditamos que a Débora Eloá é um propósito de Deus em nossas vidas e agora mais ainda”, ressaltou a mãe, Bruna Laís, e disse também que veio ao Amapá com a família cumprir promessas religiosas.  

“Decidimos sair de Belém e vir ser missionários da palavra de Deus aqui em Macapá. Foi quando também decidimos ter outro filho, que seria o último e o marco do ponto de partida desse nosso trabalho”, acrescentou.

A criança nasceu por parto normal, pesando 3,280 kg. Além dos pais, a pequena Débora também foi acolhida pelos profissionais que estavam no plantão e, até, ganhou enxoval de alguns servidores. Com quadro clínico considerável estável, a previsão é de que tanto mãe quanto filha, recebam alta médica na quinta-feira, 2.

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá