quinta, 18 de maio de 2017 - 21:45h
Museu Sacaca celebra 15ª Semana Nacional de Museus
Abertura do evento incluiu palestra a estudantes da rede pública e planetário móvel.
Por: Andreza Teixeira
Foto: Maksuel Martins
Estudantes conheceram um pouco da história do Museu Sacaca, um dos espaços mais visitados do Amapá

Nesta quinta-feira, 18, o Museu Sacaca, pertencente ao Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (Iepa), deu início à programação relacionada à 15ª Semana Nacional de Museus, evento alusivo ao Dia Internacional dos Museus, comemorado em 18 de maio. Na ocasião, alunos da rede pública estadual puderam assistir a uma palestra ministrada pela socióloga da instituição, Lenira Reis. O público teve ainda a oportunidade de visitar o planetário móvel Maywaka.

Durante a palestra, Lenira Reis abordou o tema do evento “Museus e Histórias Controversas: Dizer o Indizível em Museus”, destacando que a análise de uma obra exposta em um museu é algo subjetivo, isto é, cada pessoa terá seu ponto de vista, por isso, é indizível. Ela ressaltou que antigamente os museus eram frequentados, principalmente, pelas classes dominantes, mas, hoje em dia, busca-se alcançar a sociedade em geral. “Foi importante conversar com os alunos porque geralmente os jovens têm a ideia de que o museu não é interessante e é preciso desmistificar isso”, enfatizou.

A socióloga destacou ainda que, por meio de suas exposições e atrações, o Museu Sacaca faz um resgate do passado e propõe que as pessoas valorizem sua história e sua origem. Yasmin Sousa, de 17 anos, estudante da Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares, revelou que a palestra a incentivou a frequentar os museus do Estado. “Aprendi que os museus são locais muito interessantes e nos fazem pensar. Aqui no Sacaca, por exemplo, tem lugares muito bonitos, mas não só isso, tem história e cultura nas obras que observamos”, afirmou a estudante.

Outra atração disponível durante a 15ª Semana dos Museus é o Planetário Móvel Maywaka, que normalmente é liberado para visitação apenas no terceiro sábado de cada mês. Trata-se de uma cúpula inflável com 5 metros de diâmetro e 4,5 de altura que se destina a divulgar a ciência e a astronomia. O planetário permite que os visitantes conheçam estrelas, mitos e lendas por meio de vídeos e palestras.

15ª Semana Nacional de Museus

O evento se estende até o dia 20 de maio com atrações diversas. Segundo a diretora do Museu Sacaca, Aimée Favacho, o objetivo foi construir um resgate ao passado e as memórias de infância, além de criar uma programação que atendesse a todos os públicos. Na sexta-feira, 19, acontecerá o Museu Vivo, uma apresentação sobre o modo de vida das comunidades tradicionais do Amapá. Haverá ainda uma atração voltada para a terceira idade, “Roda de Chá: Farmácia Viva e o Uso das Plantas e Ervas Medicinais”. No sábado, a programação chega ao fim com uma recreação infantil que irá resgatar as antigas cantigas de roda.

 

Programação no Museu Sacaca

18 a 20 de maio

9h às 17h - Exposição – Corredor do Indizível em Museus: Cronologia Sobre o Antigo e o Novo

 

18 de maio

15h às 17h - Abertura e Palestras – Museus e Histórias Controversas: Dizer o Indizível em Museus

9h às 11h - Oficina – Comparação astronômicas de astros do Sistema Solar

9h às 11h - Exposição – Sessão de Cúpula do Planetário Maywaka

9h às 11h - Oficina – Arqueologia

 

19 de maio

9h às 17h - Museu Vivo – Apresentação sobre o modo de vida das comunidades tradicionais do Estado do Amapá

9h às 11h - Oficina – Entomologia médica sobre doenças tropicais

10h às 11h - Oficina – Roda de Chá: Farmácia Viva e o Uso de Plantas e Ervas Medicinais

17h às 18h - Atividade – Apresentação de Peça Teatral

 

20 de maio

9h às 11h30 - Exposição – Sessão de Cúpula do Planetário Maywaka

9h às 12h - Oficina – Memórias Urbanas

15h às 16h30 - Recreação – Cantigas de roda do tempo da vovó

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá